Gestante pode pintar o cabelo?

Essa questão ainda é bastante polêmica na Obstetrícia.

A OTIS (Organization of Teratology Information Specialists) é um órgão internacional que estuda os possíveis riscos de produtos utilizados durante a gravidez. Ela afirma que não há relatos de que as tinturas de cabelo tenham provocado alterações durante a gestação.

A maioria dos obstetras prefere a não utilização de produtos químicos no couro cabeludo das gestantes, pois esta área é bastante vascularizada, podendo ocorrer a absorção de certas substâncias. Caso a paciente queira muito fazer esse tipo de procedimento, orienta-se que seja feito a partir da 20ª semana, evitando-se o período de embriogênese (período de formação e desenvolvimento do embrião). Deve-se evitar o contato do produto com o couro cabeludo com o uso de toucas no caso de reflexos ou deixando-se cerca de um centímetro de margem de segurança, e preferir produtos naturais como a hena pura.

Publicado em Espaço Gestante